doença Arquivo

  • <div class="at-above-post-arch-page addthis_tool" data-url="http://paulofodra.com.br/2011/02/o-preco/"></div>  Antes de ir dormir, confessou à esposa que estava doente e precisava fazer um tratamento que custava os olhos da cara. Ao acordar, encontrou um pequeno embrulho de pano, […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Advanced Settings below via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Share Buttons above via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Share Buttons below via filter on wp_trim_excerpt -->
<div class="at-below-post-arch-page addthis_tool" data-url="http://paulofodra.com.br/2011/02/o-preco/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Related Posts generic via filter on wp_trim_excerpt -->

    O Preço

      Antes de ir dormir, confessou à esposa que estava doente e precisava fazer um tratamento que custava os olhos da cara. Ao acordar, encontrou um pequeno embrulho de pano, […]

    Continue Lendo...

  • <div class="at-above-post-arch-page addthis_tool" data-url="http://paulofodra.com.br/2010/07/sem-asas/"></div>Ângelo, Ao acordar, encontrei o teu recado escrito a sangue em meu espelho. “Eu odeio você!”. Só então percebi o corte recente em meu antebraço. Ardia, é verdade, mas o […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Advanced Settings below via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Share Buttons above via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Share Buttons below via filter on wp_trim_excerpt -->
<div class="at-below-post-arch-page addthis_tool" data-url="http://paulofodra.com.br/2010/07/sem-asas/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on wp_trim_excerpt -->
<!-- AddThis Related Posts generic via filter on wp_trim_excerpt -->

    Sem asas

    Ângelo, Ao acordar, encontrei o teu recado escrito a sangue em meu espelho. “Eu odeio você!”. Só então percebi o corte recente em meu antebraço. Ardia, é verdade, mas o […]

    Continue Lendo...